Dificil nao dizer adeus

Minha cachorrinha estava com 17 anos. Por causa da idade avancada, ja estava meio caduca. So fazia o que queria, nao obedecia. Mas a gente entendia e deixava. Quando a gente dava racao e ela nao comia, a gente oferecia coiaas que ela gostava como pedacinhos de carne.

Isso leva a outro assunto: quem havia me dado a cachorrinha foi meu ex-namorado que faleceu no ano passado. Mesmo tendo passado muito tempo, isso mexe com a gente. Eu ja tava conseguindo ‘esquecer’ esse assunto e agora esta voltando…

Incrivel como a gente se apega aos bichinhos. Pra ser bem sincera, ainda nao caiu a ficha direito. Minha mae a levou pra clinica e eu nao tava em casa. Entao, nao pude dizer adeus. E isso me doi. Foram 17 anos. Com certeza, o mais longo relacionamento que ja tive. Sim, relacionamento. Porque a gente se dedica, ainda mais nos ultimos anos em que ela precisava de mais cuidado e atencao.

Minha mae ficou com ela ate o fim. E isso mexeu com ela. Das outras vezes, ela nao tava junto. Chorou bastante. Nao conseguiu dormir direito. Fica olhando o patio com olhar perdido…

Muita gente pode dizer que nao se compara animal com seres humanos. Mas pra gente que tem bicho, e como se fosse da familia.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s