Oui, Paris? Parte 2

image

Porque Paris e assim: ta caminhando e em todo lugar tem um predio ou uma igreja linda. Essa e perto da Notre Dame.

image

E eu nao podia ir embora de Paris e nao experimentar uma quiche francesa. Uma delicia super leve, sabor salmao. Aproveitei e tomei uma Leffe Blonde, porque tava muito calor. Diferente de varias historias que ouvi, o garcom foi gentil o tempo todo e nao cobram a agua como a ‘tap water’ em Londres.

 

image

Parc de Luxembourg – simplesmente lindo. Eu peguei um ônibus na Gard du Nord e desci em frente. Não lembro o qual deles, mas deve ter sido o 43, 42 ou 46 (todos os que iniciam por 4 tem como ponto final lá). Como era próximo da hora do almoço, muita gente na parte onde tem muitas árvores e bancos.

image

Paroisse Saint Vincent de Paul – como caminho sempre envolvia a Rue de Lafayette, sempre passava por essa bela Igreja de São Vicente de Paulo.

image

Como eu disse, o ônibus tem poucos bancos. Nesse, eu estava voltando da Catedral de Notre Dame, tinha caminhado bastante e tava muito calor.

image

Essa torre fica num pequeno parque perto da parada do ônibus quando voltei de Notre Dame e se chama Tour Saint Jacques. Um lugar ótimo para descansar entre as caminhadas dos passeios. Arborizado e com vários bancos. Um dos poucos lugares onde a gente pode encher a garrafinha de água numa boa. Sim, porque com o calor de mais de 30 graus, só bebendo muita água. E nada melhor do que sempre ter uma na bolsa.

 

image

Hôtel de Ville –  também perto da Catedral de Notre Dame. Quase em frente é a Avenue Victoria, onde há vários pontos de ônibus e na qual eu peguei o meu para voltar para Gare du Nord.

image

Notre Dame e sua fila gigante para visitação… Antes de chegar na catedral, há no chão uma marcação do ponto zero das rotas de Paris. Eu passei por cima e nem me dei conta na hora… Pena que só fiquei sabendo depois, podia ter fotografado…

image

Pont Neuf – ponto turístico fetiche, porque tem a história famosa dos amantes. Fiz questão de não fotografar os cadeados, porque é bem triste ver que a necessidade das pessoas em tirar selfie com as promessas de amor eterno fizeram com que a grade cedesse. A vista da ponte é tão linda que seja ser bobagem se preocupar com cadeados…

image

Que paisagem… Dá até pra ver a Torrei Eiffel… Que cadeado o quê!

 

image

 

 

image

Arc de Triomphe du Carrousel – fica no parque em frente ao Museu do Louvre.

image

Do outro lado, fica o Arc de trimphe du Carrousel.

image

Pertinho da Comedie Francaise tinha dois meninos com trajes escoceses tocando gaita de fole. Muito legal!

image

image

image

image

image

Prédio lindo esse da Comedie Française.

image

image

Le Palais Royal – essa é uma das descobertas no caminho para outros pontos turísticos.  Perto do restaurante Le Grand Colbert.

image

Além de palácio e parque, ainda tem exposição de obras de arte. Incrível como as pessoas curtem sentar ao sol, mesmo com o calorão. Pra olhar o smartphone, checar mensagens, comer, tomar café…

image

Um pequeno lugar que tem várias opções: puxar uma cadeira e sentar ao sol, sentar nos bancos na sombra em baixo das árvores.

image

Uma das coisas que mais me impressionou é que estava muito calor e ninguém põe nem o pezinho na água do chafariz…

 

 

 

 

image

 

 

image

EU preferi sentar na sombra por causa do calor…

image

Le Grand Colbert, o restaurante no qual se passa a ultima parte do filme ‘Alguem tem que ceder’ com Diane Keaton, Jack Nicholson e Keanu Reeves.

image

Palais  Brongniart – estava tendo evento fechado, então nem tentei ver do que era. Mas o prédio, para variar, lindo.

image

 

Le Grand Palais – só o prédio já deixa a gente meio besta de tão lindo. Estava tendo exposição do Gaultier, mas eu não tinha tempo nem grana para ver…

image

image

image

 

image

Palais de Dècouverte – mais um palácio maravilhoso em frente ao Grand Palais.

image

image

Pont Alexandre III – saindo do Louvre é só caminhar um pouco e já vê as estátuas douradas. Simplesmente lindo!

 

image

 

 

 

image

Fiquei super orgulhosa dessa foto! Consegui pegar a estátua, a Pont des Invalides e a Tour Eiffel com esse sol de brinde.

image

image

image

image

 

 

image

Enquanto fui pela QUai D’Orsay, tinha um showzinho gratuito acontecendo. Não deu tempo de fotografar, mas teve a té a atriz Louane, do filme La famille Bélier, cantando a música emocionante do final – Je vole.

 

 

image

Como falei outras vezes, o calor estav bem forte. Com tanta caminhada, tive que aproveitar a sombra e dar uma descansadinha… o Rio Sena, tão verde…

image

Do outro lado da Pont d’Iéna, em frente à Torre Eiffel, o Trocadéro.

É possível conhecer um pouco de Paris sem gastar muito com transporte.

E vocês, o que acham? Já foram ou pretendem ir à Paris?

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s