Istambul

 

image

Eu fui para Istambul de avião, low cost pela Turkish Airlines. Passagem barata, mas viagem bem confortável. Principalmente, se for comparar com a Ryanair, porque pela Turkish Airlines as poltronas não são tão juntas e recebemos um lanchinho.

Confesso que quando chegamos no aeroporto Atatürk, foi bem estranho. Para variar, descemos numa pista longe. Tive que pegar o ônibus para chegar no portão de desembarque. Não sei se chegou outro ônibus junto, mas era um lugar minúsculo, estava sem luz e um monte de gente indo em direção à saída do desembarque.

A Imigração estava lotada, acabei indo para um segundo local para carimbar meu passaporte. Tinha menos pessoas, mas mesmo assim, demorou bastante.

Peguei um transfer para o meu hotel. Foi caro, mas valeu a pena. Estava muito calor, demorou muito para passar pela Imigração e pegar minha mala. Então, foi bem rápido, já fui vendo boa parte da cidade que eu não iria visitar, com ar condicionado, bem confortável. Na volta, foi bem mais barato. Eu peguei um shuttle com o próprio hotel e era do tipo ‘caronas divididas’, então passamos em outros hotéis para buscar outras pessoas.  Mesmo eu indo para o aeroporto Sabiha Gokcen que é bem mais longe.

Fiquei em um pequeno, mas ótimo hotel em Sultanahmet. Tem várias atrações por ali e não seria necessário pegar transporte. Barato e bem confortável. Fiquei 3 dias e paguei o mesmo que um dia num hostel em Londres.

Cheguei e já veio um rapaz pegar minha bagagem – o que não é mais comum nos hotéis… A não ser os de 4 e 5 estrelas… Tomei um banho, deitei um pouco e pelo final da tarde fui dar uma volta.

Ali perto já era o famoso Hipódromo de Constantinopla que é uma grande avenida para pedestres com os dois monumentos no centro. Pensei que não haveria muito movimento pela hora, mas estava cheio de famílias jantando. Logo em seguida começou o chamado para as orações e a Mesquita Azul ficou lotada. Vem muita gente visitar e orar. Nesse momento de oração, os turistas não podem entrar.

image

Nesse mesmo local, há uma feira de artesanato. Encontra de tudo de roupa, joias, doces, sorvetes etc. Achei um pouco caro e melhor procurar no Mercado Público deles.

image

 

image

image

Mesquita Azul – momento de oração, não são permitidos turistas dentro da Mesquita, só até o pátio. Tive que me contentar e, mesmo assim, foi lindo.

image

image

image

Aya Sofia vista do Hipódromo.

image

image

Mesquita Azul vista da praça.

image

Preferi jantar no mesmo lugar todos os dias. O garçom era extremamente simpático e atencioso.  Sempre oferecem como entrada esse pão que parece um travesseiro (mas é cheio somente de ar) e um molho de iogurte e dill. Uma delícia e não é cobrado a mais por isso. Não achei nada demais no vinho turco.

image

A pide é a pizza turca. O formato é diferente, mas a massa é bem semelhante. Como eu adoro cogumelos, essa foi a pedida e estava uma delícia. Diferente aqui do Brasil onde só usam champignon em conserva.

image

Uma das coisas mais legais da Turquia é a cordialidade. Em todos os lugares que se vai, as pessoas oferecem o chai, inclusive nas lojas. Parece ser um chá inglês e pode ser adoçado com tabletes.

Bastante movimento, muitos turistas. Não precisei pegar o transporte público. Pelo que vi, os turistas gostam do transporte, parece ser bem funcional. E calor. Uma das coisas que me angustiou um pouco foi ver muitas mulheres todas cobertas e algumas, todas cobertas de preto naquele calor. Respeito a cultura, mas não gostaria de me sentir naquela situação.

Com certeza voltaria a Istambul, mas numa época não tão quente.

E vocês? Planos para Istambul? Alguma sugestão ou dica?

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s