The Librarians

Mais um seriado novo que fiquei curiosa e não consegui parar de ver. Agora, acabou a primeira temporada e fiquei ‘órfã’. Fico vendo e revendo os episódios. Até porque tem muito detalhe. A história mundial verdadeira, as histórias dos personagens que vamos conhecendo aos poucos. Até aí, nada demais. O que surge de diferente é que o personagem principal é um bibliotecário. E o que tem de interessante em um bibliotecário? É que ele é O Bibliotecário. http://www.youtube.com/watch?v=SAheVt__igQ Assim como o Indiana Jones, que não era apenas um arqueólogo, esse bibliotecário não se atém apenas a estudos e organização de livros, objetos e informações. E isso já é muito legal: dar uma nova visão a uma profissão não muito ‘vista’.

A série dá continuidade à trilogia produzida entre 2004 e 2008. O elenco é bom, com atores bem conhecidos e outros nem tanto. Flynn Carsen é o Bibliotecário (Noah Wyle, de Plantão Médico, Falling Skies). Como ele vai atrás de objetos lendários e mágicos, corre uma série de perigos e assim precisa de uma Guardiã, Eve Baird (Rebecca Romijn de Ugly Betty, King & Maxwell). No elenco também estão Matt Frewer como Dulaque, um imortal que lidera um culto conhecido como Serpent Brotherhood; Bob Newhart é Judson (diretor da biblioteca e mentor do grupo) e Jane Curtin como Charlene (funcionária da biblioteca). Já no primeiro episódio, Dulaque tenta matar ex-candidatos a Bibliotecário que acabam formando uma equipe – The Librarians. O grupo é formado por Jake Stone (Christian Kane, de Leverage, Angel), um homem que esconde seu altíssimo QI, considerado uma enciclopédia ambulante da história da arte; Cassandra (Lindy Booth, de Copper), uma mulher com o dom da sinestesia e alguns problemas com isso; e Ezekiel Jones (John Kim, de The Pacific), ladrão, especialista em novas tecnologias e obcecado por crimes clássicos. Eu gostei da novidade, da mistura de realidade ou literatura (fatos históricos) com magia. Viagens, química, física, biologia tudo ajuda a resolver enigmas. Aventuras diferentes, com finais interessantes. Personagens diferentes de simples geeks. Uma mulher como guardião também inova. Bastante engraçado, mescla bem os acontecimentos sérios e tristes com humor. Espero que continuem por mais temporadas!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s