Um excelente 2015 para todos nós

O ano de 2014 foi muito bom pra mim. Tive várias situações complicadas que acabaram sendo resolvidas melhor do que eu esperava. Paguei dívidas atrasadas, mas consegui descontos muito bons; consegui um estágio num lugar bem legal onde conheço muita gente e, como a maioria é estrangeiro, estou aprendendo várias outras línguas – não é muita coisa, mas já não morro de sede e fome em vários lugares… Consegui voltar para a faculdade, consegui me afastar de pessoas e coisas que só me ‘puxavam para baixo’… Fui passar o Reveillon na praia – adoro tomar banho de mar.

Já o ano de 2015 veio cheio de expectativas. No dia 1º/01/15, consegui tomar meu primeiro banho de mar do ano e a água estava limpinha e com temperatura boa, pouca onda, sem repuxo, sem mãe d’água, sem buraco. Nos outros dias, não pude entrar na água, porque fiquei esperando minhas parcerias e acabou ficando muito tarde e muito frio. Não me arrendo de ter ido para lá, só por ter ficado vários dias com pessoas que eu já sabia que não tinham os hábitos parecidos com os meus.

Me inscrevi para outro vestibular, consegui voltar um dia antes da primeira prova. Mas, quando fui deitar, me incomodei com meu pai e acabei indo dormir sem preparar para a prova – o despertador não tocou. Como era aqui perto, dava tempo de pegar um táxi. Aí, me lembrei que não tinha caneta esfereográfica preta de corpo transparente. Me deu uma dor de barriga – de nervosa provavelmente. Não deu outra, desisti porque não iria dar tempo de chegar… É que quando vamos nos preparar para ir dormir, meu pai vai no banheiro, fica lá meia hora e parece que explodiram uma bomba lá. Só depois de uns 45 minutos fica ‘respirável’… O detalhe é que ele fica acordado de madrugada, vendo tv e vendo não sei o quê no computador. Poderia ir mais tarde, depois que fôssemos dormir. Temos outro banheiro nos fundos, poderia ir lá. Eu queria ter tomado um banho, tinha voltado de viagem da praia, relaxar… Enfim, ano que vem tento de novo. Já o meu pai… Eu decidi que não vou me deixar afetar tanto e tentar realmente me preparar com antecedência.

Mas nem só de coisas ruins ou que não deram certo é feita a vida.
image

Pois é, nesse 2015, eu vou. Já comprei moeda estrangeira, já fechei um curso e estadia, consegui comprar as passagens, já fiz o passaporte.

Outra coisa boa: reencontrei o taxista que eu costumava chamar quando trabalhava em outro lugar e ganhava bem ( o suficiente para pagar meu táxi). Pessoa gentilíssima, que até dinheiro me emprestava quando eu não tinha tempo de achar um caixa eletrônico para sacar, que minha mãe fazia questão de dizer pra ele ‘muito obrigada pelo senhor cuidar da minha filha’. É outra coisa tu não precisar ligar pra tele-taxi nem de app – mando um sms e ele chega em minutinhos, sempre de bom humor. Agora, sempre que posso, pego táxi com ele.

As coisas mais complicadas, já comecei 2015 bem – gosto do meu trabalho e consegui minha viagem que venho planejando desde o ano passado.

Um excelente 2015 para todos nós! Muita saúdo, porque do resto a gente corre atrás.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s