As crespas que me perdoem

As queridas amigas crespas que me perdoem, mas eu gosto de mudar o visual de vez em quando e acabei fazendo una escova. Claro que isso nao tem nada de errado, mas eu vinha cultivando meus cachos. Assim, tive que reduzir drasticamente utilizar secador, escova, chapinha ebprogressiva no meu cabelo.

Eu fui no Centro, tinha um bom tempo de espera para um compromisso e estava um calor horroroso. Ideia: tem um salao de beleza no predio ao lado, vou lavar o cabelo. Ah, faz tanto tempo que nao dou uma variada, vou fazer uma escovinha.

O salao era meio gra-fino. Por coincidencia, o dono e pai de uma ex-colega do meu irmao. Simpaticissimo, mas me passou para o cabeleireiro e sumiu.

Larguei minha mini-bolsa (detesto andar de bolsa no Centro, entao uso uma minuscula que cabe o smartphone e tem varios bolsinhos) e fomos para o lavatorio. Como eu caminhei ao sol, estava super suada, mas o cabeleireiro nem pra oferecer uma toalhinha, guardanapo ou lenco de papel.

Quando sentei na cadeira para a escova, o ‘profissional’ olhou com cara de nojinho pro meu cabelo enquanto secava e soltou: tu pinta o teu cabelo em casa? Tive vontade de me virar e dizer com orgulho que eu mesma pintava, mas me dei conta de que nao devo satisfacao e nao interessa, entao so disse ‘Nao’. E ele nao falou mais nada.

Daqui a pouco, sentou perto de nos uma moca toda dondoca, que nem o oculos escuro tirou o tempo todo que esteve la. Com bolsona, IPhone sempre na mao, cheia de joias, roupinha e saltao.

Quando o moco comecou a secar, a garota toda faceira: que cor linda desse cabelo! Tu que fez? Perguntou pro cabeleireiro. Nao, ela fez em outro lugar – com cara de quem nao gostou do elogio ao trabalho de outra pessoa…

Quando terminou, todo mundo babando no meu cabelao. E ele: nossa, como e comprido! Com os cachos e volume, nao parece tanto! E a mulherada pirando na minha escova!

Aproveitei para espevitar: como a escova valoriza a cor, fica tao bonito e brilhoso. Ele, todo sem jeito: quando tava molhado, achei que tava muito amarelado, mas foi so impressao porque a cor ta muito bonita mesmo.

Sei que eu deveria ser mais madura e nao me deixar afetar por bobagens como essa – a cara que ele fez no inicio. Seja pelo meu cabelo ou pela minha roupa – calca jeans, tenis e camiseta super simples. Mas fiquei muito satisfeita em ver a arrogancia tomar seu tombo.

Eu ja suei, mexi no cabelo toda hora, entao nao esta perfeito. Mas ta lindo, super macio e brilhoso.

image

O que acharam?

Reconstrucao capilar – cronograma

Dessa vez, usei outro creme: Queravit da Bioextratus. Bem mais caro que o Novex, mas achei melhor testar. Afinal, para resultados diferentes, precisamos experimentar coisas diferentes.

Fiz praticamente todo o procedimento de maneira semelhante. Como vi a entrevista de uma dermatologista falando que depois de 15 minutos o creme ja fez o efeito, nao faz diferenca e perda de tempo ficar mais do que isso. E que nao precisa muito creme.

Lavei com shampoo antiresiduos uma vez, porque o cabelo estava limpo.

image

Entao, pus creme suficiente para todo o cabelo e misturei uma colher de sopa de queratina liquida da Niely Gold.

image

Enrolei com uma fralda umedecida com agua morna e em seguida coloquei a touca metalizada.

image

Depois de 15 minutos, enxaguei e passei condicionador Seda cachos comportados. Em seguida, enxaguei com agua gelada.

Retirei o excesso, sequei com toalha sem esfregar, apenas enrolada. Assim nao causa frizz.

Passei creme para pentear com a ajuda de um borrifador e penteei.

image

image

Amasso um pouco com as maos para que ajude a formar os cachos.

Ficou mais macio e formou melhor os cachos. As fotos nao ficaram boas, mas garanto que o cabelo ficou brilhoso, macio e cacheado. Achei que o investimento valeu totalmente.

image

image

O que voces acharam?

A felicidade está em aparecer para os outros

Com muita tristeza, me deparei hoje, com um perfil no Instagram de uma mãe viciada em Fitness. Sempre aparecendo em trajes sumários, poses sensuais, mostrando a barriga tanquinho e a bunda. Claro, dando dicas de como chegar nesses resultado.

Quase não se vê fotos da família. Fiquei muito surpresa quando vi uma em que ela aparece com os 3 filhos pequenos, mas nitidamente, fazendo propaganda de uma barrinha de cereal. Sabe quando parece que usou os filhos, uma situação corriqueira para fazer um merchandising. Fiquei besta…

Como uma mãe chega nesse ponto? Sustentar a família? Um motivo bem razoável. Resolvi olhar as outras fotos e o que estava escrito nas postagens.

Dizia que tinha ganho mais de 85 kg nas gestações, mas que agora, usava número 34 de roupas. Fiquei até comovida. Nossa, que legal ter ido atrás de saúde e poder perder tanto peso que adquiriu na gravidez.

Mas aí fui olhando as fotos, e em nenhuma aparece gorda. Nas poucas em que aparece grávida, nada demais. Claro, teve ganho de peso, mas jamais 85kg. Numa em que aparece logo depois da terceira gravidez, sem barriga nenhuma nem flacidez. Opa! Então, como ganhou esses 85 quilos? E quando foi isso?

Numa das postagens, aparece a explicação – ganhou 30kg na 1ª gestação, 30 na segunda e 25 na terceira. Peraí, então não houve ganho de 85kg!

Noutro post, falava que não era feliz, que precisava de um objetivo… Então, ter família, marido, casa, condição financeira e 3 filhos não eram o bastante. Precisava era de holofotes. Para ser feliz precisava ser ‘instafamosa’, ter milhares de seguidores que acham o máximo tu ter uma rotina escrava de exercícios e dietas para vestir manequim 34 – que é tamanho infantil. Que precisava ter abdômen hiperdefinido, com barriga negativa, tirando foto de bíquini e fazendo poses sensuais. Isso te faz feliz.

Então pra que ter filhos? Pra quê formar família?

É muito triste ver que os valores da sociedade estão definhando… Eu não consigo ser feliz sendo eu mesma com a minha família. Eu preciso me exibir todos os dias, com corpo de criança superatrofiado, unhas postiças gigantes, igual a tantas outras que aparecem na mídia. Não participo de competições, não conquisto nada, apenas a atenção dos outros.

Vida real X vida nas mídias sociais

Um casal de amigos do meu irmão viajou para a Europa de férias. Uns dias antes da viagem, vi um email onde aparecia ‘enviado por IPhone’. Já estranhei, porque o cara sempre foi, digamos polidamente, econômico.

Várias fotos como toda a viagem. Todo dia postagem das fotos no Facebook. Ah, por isso o IPhone. Garanto que pra não passar ‘vergonha’ no exterior com um celular chinfrim e tentar uma melhor qualidade nas fotos. Já vai ficando clara a importância do que os outros pensam…

Num desses dias, nessas postagens, Paris. Torre Eiffel de noite. De repente: surpresa! Casamos!.E, claro, foto das alianças. Ah, que lindo! Até aí, tudo bem.

Já vivem juntos há mais de 7 anos. Já têm filho de 4 anos. Em todo esse tempo, o cara sempre foi um grosso com a mulher. Ela não queria ter filhos, ele queria. Então, ela engravida com 39 anos. Nasce o bebê. E só ela cuida. Só a família dela participa. A gente foi juntos no hospital visitar minha cunhada e o cara ficava o tempo todo: segura esse guri, o guri tá chorando, dá comida pra ele, pega o guri no colo. Ou seja, ele não fazia nada apenas gritava com a mulher como cuidar da criança.

Ela passou num concurso. Ganhando bem, fez auto-escola, juntou dinheiro para comprar um carro. Ele não deixou. SIm, ele não deixou que ela gastasse o próprio dinheiro. Dizia que ela não tinha condições psicológicas para dirigir, mesmo tendo tirado a carteira de motorista. Além disso, pegou esse dinheiro que ela juntou para o carro dela, vendeu o dele e comprou uma Ecosport novinha.

Mas, agora, que foram para Paris e ele deu as alianças no alto da Torre Eiffel toda iluminada de noite, está tudo perdoado. Ele é um cara incrível, melhor marido do mundo. E no Facebook, postado por IPhone.

Nada como a vida real versus a vida nas mídias sociais…

Quando me apaixonei por aquele garoto – parte 3

Então, me dei conta de que estava apaixonada pelo garoto. Senti um misto de vergonha, alegria e saudade. Hoje, me dou conta de que a vergonha foi de ter me tornado mais uma. Apenas mais uma guria que cai de amores por um guri e muda. Alegria porque se apaixonar faz a gente se sentir super bem. E saudade, porque eu queria estar com ele.

Sem querer, fui me afastando dessa outra amiga. Era minha vizinha, morava na casa ao lado. Nos dávamos muito bem, mas faltava alguma coisa. E fui ficando cada vez mais amiga da Do e me afastando da amiga de anos. Não voltava pra casa com ela, não ia pro colégio mais juntas. Só não sabia o quanto isso iria me custar.

E eu tinha uma ligação com a Do. Difícil, explicar ate hoje. A gente só precisava se olhar para entender a outra. Chegou ao ponto de que colegas diziam ter medo de nos, porque a gente não conversava muito, mas se entendia. Diziam ate que éramos um tipo estranho de irmãs siamesas que haviam sido separadas.

Parecia que tinha tudo para dar certo. Eu e o garoto nos gostávamos. E nossos melhores amigos, a Do e o Caio, também. E estávamos sempre juntos. Mas nada acontecia. Nunca nenhum de nos se declarava.

Um dia, a mãe do Caio foi pra fazenda com a irmã dele. Fizemos um almoço com direito a banho de piscina. Com a turma toda. Mas o garoto e o Caio vieram buscar apenas eu e a Do.

Não acontecia nada demais, mas era incrível ao mesmo tempo. A gente queria e ficava junto o tempo todo, mas ninguém falava de ficar, dar em cima, beijo, sentimentos.

No colégio, os professores reclamavam que a gente conversava demais nas aulas. Então, decidimos trocar os lugares. Eu fui sentar do lado do Dodô. Na frente dele, a Do. Na minha frente, o Gui.

O Gui era o guri mais querido que já havia conhecido. Ele havia sido meu colega na sexta serie e sempre foi legal comigo. Sempre me elogiava e ficava impressionado em como eu sabia tudo das matérias, ia super bem nas provas e não estudava nada.

O Dodô era muito mais na dele. E eu sempre achava que ele ficava copiando o que eu escrevia. Mas ficava mesmo era olhando meu peito. Sim, me desenvolvi rápido e bastante. E abusava de blusinhas e mini blusas.

Assim, o Gui acabou fazendo parte do grupinho, junto com o Leo.

Ao mesmo tempo, minha vizinha começou a andar com a guria nova que não se entrosava. E não dizia, mas tava na cara que não queria se entrosar. Não era nerd. Era bem bonita e riquinha. E sentavam perto do garoto.

O tempo foi passando e quando me dei conta, o garoto estava se engraçando com a guria nova… Amiguinha da minha vizinha, que tinha sido minha amiga. E que sabia meu ponto fraco…

To be continued…

Mais um dia de salao em casa

Para dar aquele up no visual e na auto-estima, gosto de fazer as unhas. Facil, simples, barato e terapeutico. Afinal, a gente se desliga do resto e para so pra fazer isso, dando um descanso pra mente.

image

Gosto de cores diferentes e adoro verde. Nao curto tudo que e cor verde, mas das mais escuras.

Quando bati o olho nesse que parece verde petroleo, nao resisti. Nao tem como experimentar sem comprar. So consigo ver se gostei depois de pintar as duas maos. Nao adianta pintar uma unha so.

Esse esmalte e o ‘azul pavao’ da Impala. Apesar de que, pra mim, e verde.

Eu passo ultrabrilho por toda a unha e bordas, como se tivesse borrado mesmo. Assim, o esmalte que borra nao mancha o dedo. Quando passa a acetona para corrigir, sai tudo e fica perfeito.
image

So uma demao e o suficiente, mas duas fica bem melhor. Cremoso, nao empelota e e facil de passar.
image

Depois de passar uma demao de esmalte, limpo com acetona o que borrou e passo ultrabrilho novamente, mas somente nas bordas. Pode passar por toda unha, so que a tendencia e que crie bolhas ou fique muito grosso.
image

Assim que passei acetona novamente e limpei as bordas, passo oleo secante ppr toda a unha. Alem de hidratar a cuticula, nao deixa nada grudar no esmalte e estragar todo trabalho.

Como tenho a pele clara, acho que combina a cor mais escura. E adoro que seja diferente do comum, como vermelho, rosa, renda ou nude. Confesso que nao curto muito essa moda de cores fluorescentes.

O que acharam?

Reconstrução – cronograma capilar

Mais uma reconstrução no meu cronograma capilar. Ainda fico em dúvida se e esse ou a nutrição que deixa meu cabelo melhor.

Como lavei antes de ontem, o cabelo ainda estava limpo. Então, lavei somente uma vez com shampoo Reconstrução Profunda da Niely Gold. Bem viscoso. Limpa o couro cabeludo sem deixar os fios secos. Passo o shampoo e faço massagem apenas na raiz. Apenas a água do enxague molha o cabelo. Assim, não retiro a hidratação e a oleosidade natural.

image

Para o tratamento, misturo Novex Queratina Absoluta com uma colher de sopa de queratina líquida Niely Gold.

image

Divido o cabelo em duas mechas grandes. Passo a mistura por toda a cabeça, sempre evitando a raiz, para não deixar oleoso ou pesado. Enrolo numa fralda úmida com agua morna e em seguida, ponho a touca metalizada. Uso a fralda porque segura bem a água morna, ajudando os fios a absorverem bem o creme, além de ser fina.e não dar tanto volume, cabendo bem na touca. Já a touca metalizada mantém o calor e a umidade da fralda, fazendo com que a absorção se mantenha durante todo o tempo que a mistura ficar nos cabelos.

image

Depois de 30 minutos, enxaguo e passo condicionador Seda cachos comportados apenas no comprimento. Serve para fechar as escamas dos fios, fazendo com que o resultado do tratamento dure mais. Enxaguo novamente, mas com água gelada. Além de fechar bem as cutículas, dá mais brilho e ajuda a diminuir o frizz.

Enrolo numa toalha, sem esfregar. Apenas para retirar o excesso de água. Prefiro que sequer naturalmente, pois evita o frizz.

Penteio com meu pente antiestatico de dentes largos. Ajuda a não criar frizz, não arrebenta os fios. Gosto muito desse pente. Ganhei já fazem muitos anos. Apenas há pouco tempo descobri uma loja que vende e comprei vários.

image

Passo creme para pentear. E possível ficar sem finalizar sem ele, mas não fica tão macio e hidratado por muito tempo. Sem contar que reduz muito o frizz e fica muito mais fácil de pentear e formar os cachos. Estou usando o Sou dá Natura para cabelos danificados. E bem consistente e tem cheiro bom.

image

Sempre misturo com um pouco de água  num borrifador. Facilita para espalhar o produto, além de render mais e não deixa o cabelo duro de creme.

Ficou bem cacheado, quase sem frizz. Bastante brilho e maciez. Muito bonito. Pena que não tive tempo de fotografar…

Dêem opiniões!

Mulher uberprofessional – wtf?!

Eu gosto de acompanhar blogs e sites de conteúdo, porque adoro novidades e informações. Até que me deparei com isso:

image

Sério? Então para ser relevante, a mulher tem que ser ultraprodutiva e mais competitiva? Não basta ser mulher, mãe e profissional, tem que ser como a Gisele Bundchen? Ah, além de fazer tudo isso tem que se manter jovem e bonita.

Então, não podemos viver normalmente, seguir o rumo natural da vida e envelhecer, temos que nos mantermos jovens para sempre.

Sem desmerecer a ubermodel, mas ela tem dinheiro e tem staff, equipe para cuidar da mansão e dos dois filhos. Quando teve os filhos, os teve em casa, com ambulância, equipe médica e quase um hospital a disposição. Então, não se pode comparar mulheres comunas com ela. Ela não faz tudo sozinha.

Eu não acredito que em 2014 ainda leio esse tipo de coisa… E num site de conteúdo, no qual a dona e considerada uma mulher independente, moderna e de sucesso…

E essa idéia que devemos passar para os outros, que devemos perseguir a perfeição absurda? O ideal inalcançável? Que não basta ser bom profissional, boa mãe, ganhar bem e ter saúde. Tem que ser ultraprofissional, tem que ser mãe de 6 filhos, tem que ganhar milhões de dólares, tem que ser tão magra, com imc inferior a 19 e impedir que o tempo passe.

Não! Vamos parar de querer a vida dos outros e vivermos a nossa. Almejar coisas melhores pra nós mesmos e importante, nós.faz ir atrás dos nossos sonhos. Mas tudo tem um limite. Não precisamos vestir 34 para sermos felizes e relevantes. Não precisos vestir Chanel ou calçar Jimmy Choo pra nos sentarmos realizadas. Não precisamos ter filhos para sermos mulheres.

Cada vez mais tenho certeza de que precisamos de humanidade…

Dia de salão… Em casa!

Hoje, resolvi fazer o ‘programa’ quase completo de quando eu costumava ir ao salão de beleza.

Antigamente, eu me dava de presente ir ao cabeleireiro de 15 em 15 dias. Ganhava razoavelmente bem e me dava ao luxo de retocar a raiz e fazer hidratação. Para não ficar esperando o tempo da tintura quase dormindo olhando revistas que não me interessam nem um pouco, acabava fazendo.as unhas também. Não resistia e fazia escova também, porque dá um realce, brilho no cabelo e dá um up na auto-estima. Afinal, a mulherada babava no meu cabelão…

Quando mudei de emprego, minha qualidade de vida melhorou muito, mas o salário baixou e tive que rever a questão só salão. Comecei a ir num tempo mais espaçado, uma vez por mês. Não fazia mais as unhas e hidratação, vez sim, vez não.

Antes de sair do último trabalho, me dei conta de que eu podia tentar economizar um pouco mais. Comecei pintando o cabelo da minha mãe, que eu percebi que não era bem feito no salão que ela ía. Ficou ótimo e não parei mais.

Tentei pintar o meu, sabendo que seria um trabalhão. Tive muita dificuldade com a parte de trás da cabeça. Peso ajuda pra minha mãe. Foi um desastre. A prova concreta de que e fácil a pessoa vir te dizer o que fazer, mas na hora de fazer ela mesma, não consegue. Porque minha mãe adora me dizer como fazer, principalmente quando já estou fazendo…

Fiquei irritada e prometi pra mesma que não periciais ajuda pra isso. Terminei meu cabelo sozinha. Ficou muito bom.

Desde então, pinto meu cabelo, faço minhas unhas, trato e corro meu cabelo.

E hoje foi o dia de fazer quase tudo. Nutrição do cronograma capilar, aparar as pontas, manicure.

Lavei o cabelo o shampoo Seda cachos comportados. Limpa o couro cabeludo sem reasecar as pontas. Mas só faço massagem na raiz e enxaguo, não passo shampoo nem esfrego no comprimento dos fios. Assim, não retira a hidratação e a oleosidade natural importante para o cabelo ressecado.

image

Para a nutrição, acabou o Novex Óleo de Argan e resolvi experimentar o Novex Óleo de Ojon. Misturei com duas colheres de sopa de azeite de oliva. Pode usar que não fica cheiro no cabelo com essa quantidade.

image

Separo os cabelos em duas mechas grandes e espalho a mistura por toda a cabeça. Sempre evitando a raiz, principalmente, por causa do azeite. Assim, não fica oleoso, pesado ou com aparência de sujo.

Para ter certeza de que espalhou bem, passo os dedos pelo cabelo, como que penteando. Senti que ainda ficou embaraçado ou não espalhou bem, passo meu pente de dentes largos. Para não dar frizz nem arrebentar os fios.

image

Em seguida, enrolo a cabeça numa fralda umedecida com água morna. E fácil de manusear, absorve bem a água morna, não faz muito volume para quando colocar a touca e ajuda na absorção dos produtos pelos fios.

image

Logo depois, ponho a touca metalizada que mantém o calor e a umidade da fralda, ajudando ainda mais os cabelos a absorverem o tratamento.

Após 30 minutos, enxaguo e passo condicionador Seda cachos comportados. Ajuda a fechar as cutículas do cabelo, fazendo que o resultado da máscara dure mais. Enxaguo novamente, mas com água gelada para fechar bem as cutículas e dar mais brilho.

Enrolo numa toalha, sem esfregar, apenas para retirar o excesso de água e não ficar muito molhado.

Passo creme para pentear Sou cabelos.danificados da Natura com ajuda de um borrifador no qual misturo um pouco de água. Faz o creme render e não deixa o cabelo duro.

image

Depois de tudo isso, separei o cabelo em duas mechas novamente, passo o pente para ajeitar, seguro as pontas e corro um pouquinho na diagonal e o cabelo fica assim \/. Assim, a parte de trás também fica em V.

Cabelo pronto, hora de fazer as unhas.

Prefiro lixar no formato quadrado, porque acho que combina mais com minhas mãos, além de ser mais fácil de manter.
image

Passo ultrabrilho pelas unhas, inclusive no contorno, como se borrasse de propósito. Assim fica fácil de limpar o esmalte que borra mesmo. Não tenho uma marca preferida. Comprei esse da Risque que estava mais barato que o da Colorama.
image

Não gosto das cores muito comuns, nem das muitos coloridas. Por isso, muitas vezes, não encontro essas cores… Uma que uso há muitos anos e o cinza claro. Combina com tudo saindo do comum como o Renda ou o Nude. Achei essa última versão da Risque, Arábia. Não faz bolinha, fácil de passar, não embola. Cremoso, mas não opaco. Como toda cor clara, tem que passar duas vezes.
image

Não faz muito tempo que aprendi pra quê servia o óleo secante. Eu achava que ficava gorduroso e não ajudava a secar nada. Até que uma manicure me disse que era para não grudar nada e ainda hidrata a cutícula. Aliás, não tiro essa cutícula. Assim, não aparece muito e nem preciso empurrar.
image

Espero que tenham gostado!

Cronograma capilar – hidratação

Acabei me enrolando e não fiz anotações de alguns tratamentos.

Hoje, fiz mais uma hidratação. Ainda acho que é o tratamento que menos faz efeito, que não fica bonito no mesmo dia.

Lavei com shampoo Seda cabelos cacheados.

image

Fiz uma mistura de Novex Broto de Bambu com uma tampinha de Bepantol.
image

Dividi o cabelo em duas mechas, passei o creme por toda a cabeça. Sempre evito a raiz para que não fique oleoso ou pesado. Para ter certeza de que passei direito, passo os dedos por entre os cabelos para espalhar bem por todo o comprimento. Como se estivesse penteando.

Em seguida, enrolo a cabeça com uma fralda úmida com água morna. A fralda absorve bem a água morna, é fácil de manusear e não faz muito volume para pôr na touca. Essa umidade e calor ajudam na melhor absorção da mistura pelos fios.

image

Não esquecendo de colocar a touca metalizada, que tem uma espécie de esponja por dentro. Ela ajuda a manter o calor e a umidade da fralda. Assim, a absorção continua pelo tempo de espera com os produtos nos fios.

Depois de 30 minutos, enxáguo e passo condicionador Seda cabelos cacheados. Ajuda a fechar as escamas dos fios, protegendo e fazendo que o resultado do tratamento dure mais.

Enxáguo novamente, mas com água gelada. Além de fechar bem as escamas, dá mais brilho.

Enrolo numa toalha, sem esfregar. Apenas deixo um tempo para que retire o excesso, que não fique muito molhado.

Passo creme para pentear com a ajuda de um borrifador.

image

Agora, estou usando o creme para pentear da Natural, Sou – para cabelos danificados. Sempre misturando com água. Assim, rende mais e não deixa o cabelo duro de creme. Ainda não tenho opinião formada sobre esse creme, pois recém comecei a usar. É consistente, perfume gostoso. Com certeza, tenho que adicionar água para não deixar o cabelo duro de creme. Parece bom.

image

Penteio, passo os dedos pelos fios para espalhar bem o creme e amassou para ajudar a formar os cachos.

Ainda não estava seco,as gostei bastante do resultado. Quase nenhum frizz. Tenho certeza de que vai ficar lindo quando estiver bem seco.

image

O que acharam? Dêem suas opiniões!