11/09

Acho difícil esquecer esse dia…. Todos os anos lembro do que aconteceu e ainda ficou horrorizada com o que o ser humano e capaz de fazer pela intolerância e vingança. Mas também me faz ter esperança de um mundo melhor por todas as pessoas que deram muito mais de si para ajudar.

Eu lembro perfeitamente o que eu estava fazendo: trabalhava num processo, lendo e escutando uma fita no walkman. Muita gente pode nem saber o que são essas coisas: fita e walkman…

De repente, um colega que estava escutando rádio com fones, comenta que está acontecendo algo nos EUA, que estão comentando no ar que parece filme.

Daqui a pouco, o dono do escritório está vendo a tv da sua sala – o que quase nunca fazia. E ele fica lá, olhando cara de quem não está acreditando no que está acontecendo.

Ninguém sabia de nada direito. Todos beatas pelo que está acontecendo, lembrando de Orson Wells e a falsa visita alien. Não podia ser verdade o que estava acontecendo. Isso devia ser pelas 9 horas. Até umas 10 horas, ainda não se sabia direito o que estava acontecendo. Tinha internet, mas a gente não podia usar e não era tão rápida quanto agora. Tanto no alcance quanto na geração das notícias, porque não tinha o público que agora.

Até que soubemos que um avião comercial havia atingido uma das torres gêmeas do World Trade Center. E fiquei tão horrorizada coma possibilidade de ser um ataque que não quis saber se mais nada. E me deixava confusa: e se todo mundo que estivesse insatisfeito resolvesse atacar assim, matando milhares de inocentes??

Só fui me interessar por detalhes meses e anos depois.

Não pelo ataque, mas pelas histórias de quem sobreviveu, de quem tentou ajudar.

Mesmo assim, a gente acaba sabendo de coisas que preferia mais saber. Nunca esqueço do depoimento das pessoas que estavam perto e viram o que aconteceu. Incrédulos com o que estava acontecendo, viam milhares de matérias voando, caindo do prédio que estava pegando fogo. A pessoa começa a chorar. ‘Foi quando eu percebi que várias coisas que estavam caindo, não era material e sim pessoas que estavam se atirando… Imagina o desespero dessas pessoas para fazerem isso…’

Até hoje, não entendo o que houve. Na verdade, não quero entender. Não posso acreditar que pessoas planejaram um massacre desses por pensarem diferente e condenarem inocentes a mortes trágicas.

Podem achar que sou Pollyana, que só quero ver o lado positivo da vida. Na verdade, só quero que o foco seja o lado melhor e positivo.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s